A Casa

 

A primeira oficina de molduras da cidade do Porto foi fundada em 1858 por dois irmãos, António e José dos Santos.

 

Ao longo da sua existência foram vários os artistas que criaram modelos de molduras ou margens, ajudando a refinar a arte até aos nossos dias. António Carneiro, Henrique Medina e Fernando Lanhas são alguns exemplos que se podem apontar.

 

A técnica do fabrico da moldura evoluiu a par do restauro de pintura, molduras ou talha dourada. Mais de século e meio de existência serviram para refinar a arte para que hoje usufrua de produtos e serviços atestados pelo tempo.

 

Entre os prémios pelo seu trabalho, destacam-se a Medalha de Bronze na Exposição Universal de Paris de 1900, e a Medalha de Ouro na Exposição Industrial Portugueza, em 1933.

 

Actualmente, é a loja de molduras mais antiga do mundo.